Carregando...
Jusbrasil - Legislação
26 de outubro de 2021

Lei 10842/04 | Lei no 10.842, de 20 de fevereiro de 2004

Publicado por Presidência da Republica (extraído pelo Jusbrasil) - 17 anos atrás

LEIAM 2 NÃO LEIAM

Cria e transforma cargos e funções nos Quadros de Pessoal dos Tribunais Regionais Eleitorais, destinados às Zonas Eleitorais. Ver tópico (6096 documentos)

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1o Ficam criados, nos Quadros de Pessoal dos Tribunais Regionais Eleitorais, os cargos de provimento efetivo e as funções comissionadas indicados e quantificados no Anexo I, assim destinados: Ver tópico (656 documentos)

I - 2 (dois) cargos efetivos, sendo 1 (um) de Técnico Judiciário e 1 (um) de Analista Judiciário, para cada Zona Eleitoral; Ver tópico (146 documentos)

II - 1 (uma) função comissionada de Chefe de Cartório Eleitoral, nível FC-4, para as Zonas Eleitorais localizadas no Distrito Federal e nas Capitais dos Estados mencionados, não dotadas de idêntica função; e Ver tópico (68 documentos)

III - 1 (uma) função comissionada de Chefe de Cartório Eleitoral, nível FC-1, para cada Zona Eleitoral localizada no interior dos Estados. Ver tópico (378 documentos)

Parágrafo único. O provimento dos cargos e funções a que se refere este artigo dar-se-á de forma gradual, de acordo com a disponibilidade de recursos orçamentários, em consonância com o disposto no art. 169, § 1o, da Constituição Federal, observado o seguinte escalonamento: Ver tópico (12 documentos)

I - no exercício de 2004: Ver tópico (6 documentos)

a) 1.150 (mil, cento e cinqüenta) cargos efetivos de Analista Judiciário e igual número de Técnico Judiciário; e Ver tópico

b) 54 (cinqüenta e quatro) funções comissionadas de Chefe de Cartório Eleitoral, nível FC-4, e 1.023 (mil e vinte e três) de Encarregado de Cartório Eleitoral, nível FC-1; Ver tópico (1 documento)

II - no exercício de 2005: Ver tópico

a) 862 (oitocentos e sessenta e dois) cargos efetivos de Analista Judiciário e igual número de Técnico Judiciário; e Ver tópico

b) 41 (quarenta e uma) funções comissionadas de Chefe de Cartório Eleitoral, nível FC-4, e 768 (setecentas e sessenta e oito) de Encarregado de Cartório Eleitoral, nível FC-1; Ver tópico

III - no exercício de 2006: Ver tópico (2 documentos)

a) 862 (oitocentos e sessenta e dois) cargos efetivos de Analista Judiciário e igual número de Técnico Judiciário; e Ver tópico

b) 40 (quarenta) funções comissionadas de Chefe de Cartório Eleitoral, nível FC-4, e 768 (setecentas e sessenta e oito) de Encarregado de Cartório Eleitoral, nível FC-1. Ver tópico

Art. 2o Ficam transformados 126 (cento e vinte e seis) cargos em comissão de Chefe de Cartório de Zona Eleitoral, nível CJ-2, e 53 (cinqüenta e três), nível CJ-1, em 179 (cento e setenta e nove) funções comissionadas de mesma denominação, nível FC-4, na forma do Anexo II. Ver tópico (31 documentos)

Art. 3o Ficam extintas as gratificações mensais, devidas pela prestação de serviços à Justiça Eleitoral, de: Ver tópico (385 documentos)

I - Escrivão Eleitoral, instituída pelo parágrafo único do art. 2o da Lei no 8.350, de 28 de dezembro de 1991, e alterada pelo art. 9o da Lei no 8.868, de 14 de abril de 1994, calculada com base na remuneração da função comissionada FC-3; e Ver tópico (34 documentos)

II - Chefe de Cartório de Zona Eleitoral do interior dos Estados, instituída pelo art. 10 da Lei no 8.868, de 14 de abril de 1994, calculada com base na remuneração da função comissionada FC-1. Ver tópico (164 documentos)

Parágrafo único. Os atuais Chefes de Cartório de Zona Eleitoral ocupantes dos cargos em comissão transformados na forma do art. 2o, bem como os servidores retribuídos com a gratificação extinta nos termos do inciso II do art. 3o, poderão permanecer no exercício de suas atribuições até a data em que for designado servidor para ocupar a função comissionada correspondente. Ver tópico (127 documentos)

Art. 4o As atuais atribuições da escrivania eleitoral serão exercidas privativamente pelo Chefe de Cartório Eleitoral, sem prejuízo das atividades inerentes à chefia do cartório. Ver tópico (232 documentos)

§ 1o Não poderá servir como Chefe de Cartório Eleitoral, sob pena de demissão, o membro de órgão de direção partidária, nem o candidato a cargo eletivo, seu cônjuge e parente consangüíneo ou afim até o 2o (segundo) grau. Ver tópico (29 documentos)

§ 2o O servidor que vier a exercer as atribuições de Chefe de Cartório Eleitoral de zona eleitoral criada após a vigência desta Lei perceberá gratificação equivalente à remuneração da função comissionada correspondente, até a criação e o provimento desta. Ver tópico (64 documentos)

Art. 5o O Tribunal Superior Eleitoral baixará as instruções necessárias à aplicação desta Lei. Ver tópico (74 documentos)

Art. 6o As despesas decorrentes desta Lei correrão por conta de dotações orçamentárias consignadas aos Tribunais Regionais Eleitorais. Ver tópico (34 documentos)

Art. 7o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. Ver tópico (18 documentos)

Art. 8o Revogam-se o parágrafo único do art. 2o da Lei no 8.350, de 28 de dezembro de 1991, e os arts. 9o e 10 da Lei no 8.868, de 14 de abril de 1994. Ver tópico (18 documentos)

Brasília, 20 de fevereiro de 2004; 183o da Independência e 116o da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

Márcio Thomaz Bastos

Este texto não substitui o publicado no D.O.U. de 20.2.2004 - Edição extra

ANEXO I

CARGOS EFETIVOS E FUNÇÕES COMISSIONADAS CRIADOS

PARA AS ZONAS ELEITORAIS

Quadro de Pessoal

Analista

Técnico

Chefe de

Cartório Eleitoral

Judiciário

Judiciário

Nível

FC-4

Nível

FC-1

Tribunal Regional Eleitoral do Acre

10

10

2

7

Tribunal Regional Eleitoral

de Alagoas

53

53

-

50

Tribunal Regional Eleitoral

do Amazonas

67

67

5

56

Tribunal Regional Eleitoral

do Amapá

11

11

1

9

Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

201

201

9

181

Tribunal Regional Eleitoral do Ceará

111

111

-

105

Tribunal Regional Eleitoral

do Distrito Federal

17

17

6

-

Tribunal Regional Eleitoral

do Espírito Santo

55

55

1

53

Tribunal Regional Eleitoral de Goiás

128

128

2

118

Tribunal Regional Eleitoral

do Maranhão

92

92

4

83

Tribunal Regional Eleitoral

de Mato Grosso

60

60

10

49

Tribunal Regional Eleitoral

de Mato Grosso do Sul

52

52

1

48

Tribunal Regional Eleitoral

de Minas Gerais

322

322

-

308

Tribunal Regional Eleitoral do Pará

87

87

3

80

ANEXO II

TRANSFORMAÇÃO EM FUNÇÕES COMISSIONADAS

DE CARGOS EM COMISSÃO DE CHEFE DE CARTÓRIO DE ZONA

ELEITORAL DAS CAPITAIS DOS ESTADOS E DO DISTRITO FEDERAL

Quadro de Pessoal

Situação Anterior

Situação Nova

CJ-1

CJ-2

FC-4

Tribunal Regional Eleitoral do Acre

1

-

1

Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas

3

-

3

Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas

6

-

6

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá

1

-

1

Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

-

11

11

Tribunal Regional Eleitoral do Ceará

-

6

6

Tribunal Regional Eleitoral

do Distrito Federal

11

-

11

Tribunal Regional Eleitoral

do Espírito Santo

1

-

1

Tribunal Regional Eleitoral de Goiás

-

8

8

Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão

5

-

5

Tribunal Regional Eleitoral

de Mato Grosso

1

-

1

Tribunal Regional Eleitoral

de Mato Grosso do Sul

3

-

3

Tribunal Regional Eleitoral

de Minas Gerais

-

14

14

Tribunal Regional Eleitoral do Pará

4

-

4

Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba

3

-

3

Tribunal Regional Eleitoral do Paraná

-

5

5

×

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)