Carregando...
Jusbrasil - Legislação
20 de janeiro de 2022

Estatuto Social da Dataprev - Decreto 7151/10 | Decreto nº 7.151, de 9 de abril de 2010

Publicado por Presidência da Republica (extraído pelo Jusbrasil) - 11 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

Aprova o Estatuto Social da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social - DATAPREV. Ver tópico (299 documentos)

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84, incisos IV e VI, alínea “a”, da Constituição, e tendo em vista o que dispõe o art. 5 º da Lei n º 6.125, de 4 de novembro de 1974, DECRETA:

Art. 1 º Fica aprovado o Estatuto Social da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social - DATAPREV, na forma do Anexo a este Decreto.

Art. 2 º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 3 º Revogam-se os Decretos nos:

I - 3.457, de 12 de maio de 2000; Ver tópico

II - 3.881, de 6 de agosto de 2001; Ver tópico

III - 4.033, de 26 de novembro de 2001; Ver tópico

IV - 4.312, de 24 de julho de 2002; e Ver tópico

V - 6.466, de 28 de maio de 2008. Ver tópico

Brasília, 9 de abril de 2010; 189 º da Independência e 122 º da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

Guido Mantega

Paulo Bernardo Silva

Carlos Eduardo Gabas

Este texto não substitui o publicado no DOU de 12.4.2010, retificado nos DOU de 13.4.2010 e 16.4.2010

ESTATUTO DA EMPRESA DE TECNOLOGIA E INFORMAÇÕES

DA PREVIDÊNCIA SOCIAL - DATAPREV.

CAPÍTULO I

DA DENOMINAÇÃO E PERSONALIDADE JURÍDICA

Art. 1 º A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social - DATAPREV, empresa pública vinculada ao Ministério da Previdência Social, com personalidade jurídica de direito privado, patrimônio próprio, autonomia administrativa e financeira, é regida pela Lei nº 6.125, de 4 de novembro de 1974, por este Estatuto e, subsidiariamente, pelas demais normas aplicáveis.

CAPÍTULO II

DA SEDE, DO FORO E DA DURAÇÃO

Art. 2 º A DATAPREV tem sede e foro em Brasília, Distrito Federal, e filial regional na cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro.

Art. 3 º A DATAPREV tem prazo de duração indeterminado e atuação em todo o território nacional, podendo estabelecer dependências administrativas e operacionais onde julgar necessárias ao bom desempenho de suas finalidades.

CAPÍTULO III

DOS OBJETIVOS SOCIAIS

Art. 4 º A DATAPREV tem por objetivo estudar e viabilizar tecnologias de informática, na área da previdência e assistência social, compreendendo prestação de serviços de desenvolvimento, processamento e tratamento de informações, atividades de teleprocessamento e comunicação de dados, voz e imagem, assessoramento e assistência técnica no campo de sua especialidade, bem como o desempenho de outras atividades correlatas.

§ 1 º Sem prejuízo de suas atividades principais e em harmonia com a política governamental, a DATAPREV poderá prestar serviços a terceiros.

§ 2 º A prestação de serviços de que trata este artigo será estabelecida nos termos da legislação vigente e executada mediante remuneração em regime de faturamento, cujos preços levarão em consideração os praticados pelo mercado.

Art. 5 º Para o cumprimento de seu objetivo principal, serão observadas pela DATAPREV as seguintes diretrizes básicas:

I - adequação, por meio de seus programas de trabalho, projetos e atividades, às prioridades e orientações estabelecidas pelo Governo Federal, para a execução da política e realização dos objetivos da Previdência Social na área da tecnologia, informação, comunicação e informática; e Ver tópico

II - articulação com outros órgãos e entidades públicas ou privadas, objetivando promover o intercâmbio de experiências e conhecimentos. Ver tópico

CAPÍTULO IV

DO CAPITAL SOCIAL

Art. 6 º O capital social da DATAPREV é de R$ 130.000.000,00 (cento e trinta milhões de reais), totalmente integralizado, distribuído entre a União e o Instituto Nacional do Seguro Social - INSS, de acordo com a Lei n º 6.125, de 1974 , na forma seguinte:

I - cinqüenta e um por cento da União, no mínimo; e Ver tópico

II - até quarenta e nove por cento do INSS.

Art. 7 º O capital social da DATAPREV poderá ser aumentado, nos termos da lei, mediante:

I - aporte de recursos da União; Ver tópico

II - aporte de recursos do INSS ou participação, a juízo do Presidente da República, de outras entidades, mantida a participação mínima de cinqüenta e um por cento da União; e Ver tópico

III - reavaliação do ativo, incorporação de reservas e de lucros.

CAPÍTULO V

DOS RECURSOS FINANCEIROS

Art. 8 º Constituem recursos financeiros da DATAPREV:

I - receitas operacionais; Ver tópico

II - receitas patrimoniais; Ver tópico

III - receitas eventuais; Ver tópico

IV - doações; Ver tópico

V - produtos de operações de crédito; e Ver tópico

VI - recursos de outras origens, inclusive orçamentários. Ver tópico

CAPÍTULO VI

DOS ÓRGÃOS DE ADMINISTRAÇÃO E FISCALIZAÇÃO

Art. 9 º São órgãos de administração e fiscalização da DATAPREV:

I - o Conselho de Administração, com seis membros efetivos; Ver tópico

II - a Diretoria-Executiva, composta do Presidente e de quatro Diretores, constituindo-se, para fins deliberativos, em Diretoria Colegiada; e Ver tópico

III - o Conselho Fiscal, com três membros efetivos. Ver tópico

§ 1 º Os princípios de organização da DATAPREV, as áreas funcionais das unidades da Diretoria, suas responsabilidades e competências gerais, assim como as atribuições de seus titulares, são especificados em manual de organização, aprovado pelo Conselho de Administração.

§ 2 º Cada membro efetivo dos Conselhos de Administração e Fiscal terá o seu respectivo suplente, indicado e nomeado da mesma forma que o membro efetivo.

§ 3 º O prazo de gestão dos membros dos Conselhos de Administração e da Diretoria-Executiva será de dois anos, permitidas reconduções, e estender-se-á até a investidura dos novos membros nomeados.

§ 4 º O mandato dos membros do Conselho Fiscal será de um ano, permitidas reconduções, e estender-se-á até a investidura dos novos membros nomeados.

Seção I

Do Conselho de Administração

Art. 10. O Conselho de Administração será integrado:

I - por três conselheiros, que sejam brasileiros idôneos, de reputação ilibada, com notórios conhecimentos e experiência em assuntos relacionados às atividades da DATAPREV, indicados pelo Ministro de Estado da Previdência Social; Ver tópico

II - pelo Presidente da DATAPREV; Ver tópico

III - pelo Presidente do INSS ou, mediante indicação deste, por um conselheiro, que seja brasileiro idôneo, de reputação ilibada, com notórios conhecimentos e experiência em assuntos relacionados às atividades da DATAPREV; e

IV - por um conselheiro, que seja brasileiro idôneo, de reputação ilibada, com notórios conhecimentos e experiência em assuntos relacionados às atividades da DATAPREV, indicado pelo Ministro de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão.

§ 1 º A presidência do Conselho será exercida pelo Conselheiro escolhido pelo Ministro de Estado da Previdência Social, entre os conselheiros por ele indicados.

§ 2 º Em caso de impedimento eventual do Presidente do Conselho, este será substituído pelo membro indicado pelo INSS .

§ 3 º Os Diretores da DATAPREV, quando convidados, poderão participar das reuniões do Conselho, sem direito a voto.

Art. 11. Os membros do Conselho de Administração, após aprovação do Presidente da República, serão nomeados por ato do Ministro de Estado da Previdência Social e demissíveis ad nutum.

Art. 12. O Conselho de Administração reunir-se-á, ordinariamente, uma vez por mês e, extraordinariamente, quando convocado por seu Presidente ou pela maioria de seus membros.

§ 1 º As deliberações do Conselho de Administração, observada a presença de pelo menos quatro de seus membros, serão registradas em ata própria.

§ 2 º O Presidente do Conselho, além do voto comum, terá o de qualidade.

Seção II

Da Diretoria-Executiva

Art. 13. O Presidente e os Diretores da DATAPREV serão nomeados pelo Presidente da República, mediante indicação do Ministro de Estado da Previdência Social, e demissíveis ad nutum.

Art. 14. A Diretoria-Executiva reunir-se-á mensalmente, sob a forma de colegiado, e, ainda, quando convocada pelo Presidente ou solicitada por um de seus membros.

§ 1 º As deliberações da Diretoria-Executiva serão registradas em ata própria.

§ 2 º O Presidente votará como membro da Diretoria-Executiva, podendo exercer, quando couber, o voto de qualidade.

Seção III

Do Conselho Fiscal

Art. 15. O Conselho Fiscal será constituído por três membros efetivos, sendo um indicado pelo Ministro de Estado da Fazenda, representando o Tesouro Nacional, e os demais pelo Ministro de Estado da Previdência Social.

§ 1o Os membros do Conselho Fiscal serão nomeados pelo Ministro de Estado da Previdência Social. Ver tópico (18 documentos)

§ 2o As deliberações do Conselho Fiscal, observada a presença de, no mínimo, dois de seus membros, serão registradas em ata própria.

Art. 16. O Conselho Fiscal reunir-se-á, ordinariamente, uma vez por mês para apreciar os atos de gestão e, extraordinariamente, por convocação do seu Presidente ou da maioria de seus membros.

CAPÍTULO VII

DAS COMPETÊNCIAS E DAS ATRIBUIÇÕES

Seção I

Do Conselho de Administração

Art. 17. Ao Conselho de Administração compete:

I - fixar a orientação geral dos negócios da DATAPREV; Ver tópico

II - fixar as diretrizes e políticas básicas, seus principais objetivos e metas globais; Ver tópico

III - deliberar sobre os atos de fixação do quadro geral de pessoal, do plano de cargos e salários, de gratificações, direitos e vantagens, bem assim a contratação, a termo, de profissionais, na forma da legislação pertinente; Ver tópico

IV - aprovar as propostas de orçamento e os programas anuais e plurianuais e acompanhar sua execução; Ver tópico

V - fiscalizar a execução da política geral de negócios da DATAPREV, traçada de acordo com os incisos I e II, para o que poderá requisitar informações sobre livros, papéis, contratos celebrados ou em vias de celebração e quaisquer outros instrumentos ou atos; Ver tópico

VI - manifestar-se acerca das demonstrações orçamentárias e financeiras, da destinação do resultado líquido, da modificação ou integralização do capital, da absorção de eventuais prejuízos com as reservas de lucro, do relatório da administração e do processo de prestação de contas referentes a cada exercício; Ver tópico (4 documentos)

VII - propor ao Ministro de Estado da Previdência Social o aumento do capital social da DATAPREV, observado o disposto no parágrafo único do art. 4 º do Decreto n º 1.091, de 21 de março de 1994 ;

VIII - deliberar sobre propostas de empréstimos e financiamentos; Ver tópico

IX - ratificar previamente a justificativa da contratação de obras, aquisição de bens ou serviços cujo valor global exceda quinze vezes o limite máximo fixado na legislação pertinente para tomada de preços; Ver tópico

X - autorizar a renúncia e desistência de direito e opção, assim como alienação ou oneração de bens imóveis; Ver tópico

XI - autorizar a contratação e a rescisão de auditores independentes; Ver tópico

XII - requisitar para apreciação, quando entender necessário, os relatórios de auditoria interna e externa; e Ver tópico

XIII - aprovar e submeter ao Ministro de Estado da Previdência Social proposta de alteração do Estatuto e resolver os casos omissos. Ver tópico

Seção II

Do Presidente

Art. 18. São atribuições do Presidente: Ver tópico (1 documento)

I - representar a DATAPREV ativa e passivamente, em juízo ou fora dele; Ver tópico

II - convocar e presidir as reuniões da Diretoria-Executiva; Ver tópico

III - dirigir, coordenar e controlar as atividades técnicas e administrativas da DATAPREV; Ver tópico

IV - cumprir e fazer cumprir as normas na DATAPREV, as decisões da Diretoria-Executiva e as deliberações do Conselho de Administração; Ver tópico

V - designar o Diretor que o substituirá em suas ausências ou impedimentos eventuais; Ver tópico

VI - admitir, designar, promover, licenciar, transferir, dispensar, requisitar, ceder empregados e prover cargos e funções de confiança, bem assim exercer o poder disciplinar, observada a distribuição de competências; Ver tópico

VII - atribuir aos Diretores, nomeados na forma do art. 13, as suas respectivas Diretorias; Ver tópico

VIII - representar a DATAPREV, assinando convênios, ajustes, acordos de cooperação, contratos ou quaisquer instrumentos de formalização de acordo de vontade em direito admitidos;

IX - encaminhar aos órgãos competentes do Ministério da Previdência Social e de outras áreas governamentais os documentos e as informações que devam ser apresentados, sistematicamente ou quando solicitados, para efeito de acompanhamento e controle das atividades da DATAPREV; Ver tópico

X - constituir por prazos determinados e destituir procuradores em nome da DATAPREV; Ver tópico

XI - submeter aos Conselhos de Administração e Fiscal, até 31 de março do ano subseqüente ao exercício social, a prestação de contas anual, acompanhada da manifestação da Diretoria, dos pareceres dos auditores internos e independentes; Ver tópico

XII - propor à Diretoria a criação de empregos e a fixação de salários e vantagens, a requisição de pessoal e a cessão de empregado, bem assim a contratação, a termo, de profissionais, na forma da legislação pertinente; e Ver tópico

XIII - praticar os demais atos necessários ao desempenho de suas atribuições e deliberar, ad referendum da Diretoria-Executiva ou do Conselho de Administração, sobre os casos omissos. Ver tópico

Seção III

Da Diretoria-Executiva

Art. 19. Compete à Diretoria-Executiva: Ver tópico

I - aprovar as políticas de prestação de serviços, econômico-financeira, administrativa, operacional e tecnológica, seus objetivos e metas; Ver tópico

II - aprovar a estrutura organizacional da DATAPREV, com as respectivas funções e competências de suas unidades, ressalvadas as alterações de competência específica do Conselho de Administração; Ver tópico

III - aprovar, em harmonia com a política econômico-financeira do Governo Federal e com as diretrizes do Conselho de Administração: Ver tópico

a) o quadro de pessoal e suas alterações e as propostas de criação de empregos e fixação de salários, vantagens e benefícios; Ver tópico

b) o limite de níveis salariais a serem concedidos por meio da promoção por merecimento, bem assim a quantidade média de referência por empregado promovível; Ver tópico

c) as normas disciplinadoras de processos seletivos internos, para promoção na carreira, e de concursos públicos para admissão de pessoal; Ver tópico

d) o regulamento de pessoal, com os direitos e deveres dos empregados, o regime disciplinar e as normas sobre apuração de responsabilidade e firmar acordos trabalhistas; e Ver tópico

e) o regulamento de licitações; Ver tópico

IV - aprovar as políticas de aquisição de serviços de terceiros, de insumos de produção e de ativos; Ver tópico

V - aprovar o planejamento estratégico da DATAPREV e suas revisões; Ver tópico

VI - deliberar e submeter ao Conselho de Administração: Ver tópico

a) as propostas de orçamento, os programas anuais e plurianuais e as operações de empréstimo e financiamento; Ver tópico

b) as demonstrações orçamentárias, financeiras e patrimoniais, a destinação do resultado líquido, a de modificação e integralização do capital e a de absorção de eventuais prejuízos com as reservas de lucro, relatório da administração e processo de prestação de contas referentes a cada exercício; Ver tópico

c) proposta de criação de empregos e a fixação de salários e vantagens, bem assim a contratação, a termo, de profissionais, na forma da legislação pertinente; e Ver tópico

d) proposta de renúncia e a desistência de direitos de opção, assim como a alienação ou oneração de bens imóveis; Ver tópico

VII - autorizar a aquisição de bens ou serviços, observadas as normas internas e a legislação pertinente; Ver tópico

VIII - aprovar a abertura e o fechamento de dependências administrativas e operacionais; Ver tópico

IX - autorizar a alienação e a baixa de bens móveis; Ver tópico

X - deliberar sobre os casos omissos, em seu âmbito de competência, e submeter ao Conselho de Administração, com pronunciamento, os assuntos que dependam daquela instância; Ver tópico

XI - colocar à disposição dos membros do Conselho Fiscal cópias das atas de reuniões da Diretoria e do Conselho de Administração, assim como cópias dos balancetes e demais demonstrações financeiras; e Ver tópico

XII - apresentar ao Conselho de Administração proposta de alteração do Estatuto. Ver tópico

Seção IV

Dos Diretores

Art. 20. São atribuições dos Diretores, no âmbito de sua área de competência:

I - dirigir, coordenar e controlar as atividades técnicas e administrativas, bem assim aprovar atos normativos; Ver tópico

II - cumprir e fazer cumprir as normas da DATAPREV e as decisões do Conselho de Administração, do Conselho Fiscal, da Diretoria-Executiva e do Presidente; Ver tópico

III - propor alterações no quadro de pessoal; Ver tópico

IV - indicar ocupantes de cargos e funções de confiança; Ver tópico

V - propor planos estratégicos e projetos especiais, justificando os seus objetivos e metas; Ver tópico

VI - aprovar planos operacionais e projetos a serem desenvolvidos; Ver tópico

VII - propor orçamentos e programas anuais e plurianuais; Ver tópico

VIII - praticar os demais atos administrativos necessários ao desempenho de suas atribuições; e Ver tópico

IX - encaminhar ao Presidente e à Diretoria-Executiva proposições que julgar de interesse da DATAPREV. Ver tópico

Seção V

Do Conselho Fiscal

Art. 21. Compete ao Conselho Fiscal: Ver tópico

I - fiscalizar os atos dos administradores e verificar o cumprimento dos seus deveres legais e estatutários; Ver tópico

II - examinar, mensalmente, os balancetes e as demais demonstrações financeiras elaboradas pela DATAPREV; Ver tópico

III - opinar sobre as demonstrações financeiras e orçamentárias e o relatório anual da administração, bem assim sobre os processos de prestação de contas, fazendo constar do seu parecer as informações complementares que julgar necessárias; Ver tópico

IV - acompanhar a execução financeira, fiscal e orçamentária, valendo-se do exame de livros e documentos, assim como de informação que entender requisitar; Ver tópico

V - examinar a criação de fundos de reserva, provisões, reavaliação do ativo, destinação de saldos positivos de balanço, planos de investimento ou orçamento de capital, transformação, incorporação, fusão ou cisão; Ver tópico

VI - examinar propostas de alienação ou oneração de bens imóveis; e Ver tópico

VII - opinar sobre as propostas dos órgãos da administração relativas à modificação do capital social e à distribuição de dividendos. Ver tópico

Parágrafo único. No cumprimento de suas atribuições, o Conselho Fiscal utilizar-se-á da auditoria interna da DATAPREV, podendo valer-se também da auditoria independente, na forma da lei. Ver tópico

CAPÍTULO VIII

DO PESSOAL

Art. 22. O regime jurídico do pessoal da DATAPREV é o da Consolidação das Leis do Trabalho. Ver tópico

Art. 23. O ingresso no quadro de pessoal da DATAPREV será efetuado mediante concurso público de provas ou de provas e títulos, nos termos do art. 37, inciso II, da Constituição, observada, quanto aos cargos e funções de confiança, a ressalva ali prevista.

Art. 24. Para execução de serviços especializados, a DATAPREV poderá contratar pessoas físicas ou jurídicas de reconhecida capacidade, observadas as normas legais aplicáveis, inclusive as diretrizes do Conselho de Administração e da Diretoria-Executiva.

CAPÍTULO IX

DO EXERCÍCIO SOCIAL, DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS E DOS LUCROS

Art. 25. O exercício social da DATAPREV corresponde ao ano civil, apurando, em 31 de dezembro, as demonstrações financeiras.

Art. 26. O resultado do exercício, após a dedução para atender eventuais prejuízos acumulados e a provisão para o imposto sobre a renda, terá a seguinte destinação:

I - cinco por cento para constituição da reserva legal até o limite de vinte por cento do capital social; Ver tópico

II - vinte e cinco por cento, no mínimo, para pagamento dos dividendos; e Ver tópico

III - vinte por cento para constituição de reserva destinada ao reaparelhamento técnico do seu parque operacional, até o limite de vinte e cinco por cento do capital social. Ver tópico

§ 1 º O saldo, se houver, será apresentado ao Conselho de Administração, acompanhado de plano de aplicação elaborado pela Diretoria, para a aprovação.

§ 2 º Os prejuízos acumulados devem, preferencialmente, ser deduzidos do capital social, na forma prevista no art. 173 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976.

§ 3 º Poderá ser imputado ao valor destinado a dividendos, apurados na forma prevista neste artigo, integrado a respectiva importância, para todos os efeitos legais, o valor da remuneração, paga ou creditada, a título de juros sobre o capital próprio, nos termos do

§ 7 º do art. 9 º da Lei no 9.249, de 26 de dezembro de 1995 .

§ 4 º Sobre os valores dos dividendos e dos juros, a título de remuneração sobre o capital próprio, devidos ao Tesouro Nacional e aos demais acionistas, incidirão encargos financeiros equivalentes à taxa SELIC, a partir do encerramento do exercício social até o dia do efetivo recolhimento ou pagamento, sem prejuízo da incidência de juros moratórios quando esse recolhimento ou pagamento não se verificar na data fixada em lei ou deliberação do Conselho de Administração, devendo ser considerada como a taxa diária, para a atualização desse valor durante os cinco dias úteis anteriores à data do pagamento ou recolhimentos, a mesma taxa SELIC divulgada no quinto dia útil que antecede o dia da efetiva quitação da obrigação.

§ 5 º A proposta sobre a destinação do lucro do exercício, após análise conclusiva dos órgãos internos da DATAPREV, será apresentada ao Ministro de Estado da Previdência Social sem prejuízo do disposto no art. 4 º do Decreto n º 2.673, de 16 de julho de 1998 .

Art. 27. A DATAPREV manterá serviço de contabilidade patrimonial, de custos, financeira e orçamentária, para criar as condições indispensáveis à eficácia do controle interno e externo e à regularidade na realização de sua receita e despesa.

Art. 28. A prestação de contas anual conterá, além de outros, os seguintes elementos:

I - relatório da administração; Ver tópico

II - demonstrações orçamentárias, financeiras e patrimoniais exigidas pela legislação; e Ver tópico

III - manifestação do Conselho de Administração e pareceres sobre as demonstrações financeiras emitidos, separadamente, pela auditoria interna da DATAPREV, pela auditoria independente e pelo Conselho Fiscal, observado o disposto no parágrafo único do art. 21. Ver tópico

Art. 29. A DATAPREV enviará ao Ministro de Estado da Previdência Social a prestação de contas anual da Empresa, com os elementos referidos no art. 28, na forma da legislação em vigor.

CAPÍTULO X

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 30. Ao Presidente e aos Diretores é lícito delegar as atribuições que lhes são conferidas por este Estatuto, observadas as limitações legais pertinentes e vedada a sub-delegação.

Art. 31. A remuneração dos membros dos Conselhos de Administração e Fiscal, além do reembolso obrigatório das despesas de locomoção e estada necessárias ao desempenho da função, será de dez por cento da remuneração mensal média dos Diretores.

Art. 32. Os membros dos Conselhos de Administração e Fiscal e o Presidente e Diretores da DATAPREV apresentarão declaração de bens ao assumirem e ao deixarem as funções, fazendo-o, também, anualmente.

Art. 33. A remuneração, os direitos e as vantagens dos membros da Diretoria serão estabelecidos em ato do Ministro de Estado da Previdência Social, ouvido o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e observada a legislação pertinente.

Art. 34. Os administradores e os conselheiros fiscais são responsáveis, na forma da lei, pelos prejuízos ou danos causados no exercício de suas atribuições.

§ 1 º A DATAPREV, por intermédio de sua consultoria jurídica ou mediante advogado especialmente contratado, assegurará aos integrantes e ex-integrantes da Diretoria Executiva e dos Conselhos de Administração e Fiscal a defesa em processos judiciais e administrativos contra eles instaurados, pela prática de atos no exercício do cargo ou função, nos casos em que não houver incompatibilidade com os interesses da Empresa.

§ 2 º O benefício previsto no § 1 º aplica-se, no que couber e a critério do Conselho de Administração, àqueles que figuram no pólo passivo de processo judicial ou administrativo, em decorrência de atos que tenham praticado no exercício de competência delegada pelos administradores.

§ 3 º A forma do benefício mencionado nos §§ 1 º e 2 º será definida pelo Conselho de Administração, ouvida a área jurídica da DATAPREV.

§ 4 º Se algum dos ocupantes dos cargos ou funções mencionadas nos §§ 1o e 2o for condenado, em decisão judicial transitada em julgado, com fundamento em violação de lei ou do Estatuto, ou decorrente de ato culposo ou doloso, deverá ressarcir à DATAPREV todos os custos e despesas decorrentes da defesa de que trata o § 1o, além de eventuais prejuízos causados.

§ 5o A DATAPREV poderá manter, na forma e extensão definidas pelo Conselho de Administração, contrato de seguro permanente em favor dos ocupantes dos cargos ou funções mencionadas nos §§ 1o e 2o, para resguardá-los de responsabilidade por atos pelos quais eventualmente possam vir a ser demandados judicial ou administrativamente. Ver tópico

§ 6o Fica assegurado aos ocupantes dos cargos ou funções mencionadas nos §§ 1o e 2o o acesso a informações e documentos constantes de registros ou de bancos de dados da DATAPREV, indispensáveis à defesa administrativa ou judicial, em ações propostas por terceiros, decorrentes de atos praticados no exercício do cargo ou função. Ver tópico

Art. 35. Em caso de extinção da DATAPREV, seus bens, direitos e obrigações reverterão à União e às pessoas jurídicas que participem, proporcionalmente, de seu capital. Ver tópico

Art. 36. Ao Conselho de Administração compete dirimir questões em que não haja previsão estatutária. Ver tópico

Art. 37. Aplicar-se-ão à DATAPREV, subsidiariamente, no que couber, as disposições contidas na Lei no 6.404, de 1976. Ver tópico

×

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)